editora Escala
 
ReportagensVoltar à Home
 
 

A peça-chave para o sonho da sua empresa


No Brasil, o mercado de Investimento Anjo segue em ascensão e se torna cada vez mais imprescindível para os empreendedores que querem tirar a ideia do papel


TEXTO DE PAULINE MACHADO

Esta escolha, para ter sucesso, deve ser mútua, feita em comum acordo por ambas as partes, complementa o executivo. “É um casamento, tem que ter o ‘sim’ dos dois lados. Obviamente, quanto melhor, mais conhecido e ‘procurada’ for a startup, maior será o número de investidores interessados e que ela poderá conhecer e escolher. O mesmo também é verdade: quão mais única for a experiência e rede de contatos do Investidor Anjo e melhor sua reputação, maior será o número de startups que darão preferência a ser investidas por ele e maior será a gama de possibilidade de escolher em quem gostaria de investir”, orienta o executivo da Endeavor.

“Nós conseguimos saber como foi o resultado quando recebemos os feedbacks via emails e Facebook. São mais de 50 e-mails por semana, de agradecimento, contando algo que uma pessoa ou empresa melhorou por dia. Em todas as palestras feitas até hoje, sempre alguém abriu pelo menos uma empresa”
BRUNO PERIN, DO SQTC

Mas, ainda assim, também é preciso levar em conta o bom relacionamento entre empreendedor e investidor. “Claro que o empreendedor em um primeiro momento vai apresentar seu projeto para inúmeros investidores para ver quais se interessam pelo mesmo, mas a partir daí, deve-se estabelecer um contato mais próximo para que ambos tenham um bom entendimento”, reforça Spina.

OS ANJOS POR AI
O sócio fundador da Webfones, Guilherme Ribeiro, que atua aproximadamente há um ano no e-commerce conta que a ideia de abrir a empresa se deu a partir de uma experiência e acompanhamento no ramo de telefonia móvel, em que se levou em consideração o fato do Brasil ter um dos maiores índices do mundo de compra de celulares e smartphones, além de ter um alto número de consumidores que cada vez mais buscam tecnologias e novidades dentro desse mercado. “Avaliando de uma forma geral não existia nenhuma empresa realmente especializada em telefonia móvel atuando no e-commerce. Daí a proposta da Webfones chegar com um portfólio amplo, novidades e preços atrativos para o consumidor. Porém, não tínhamos capital para iniciarmos o negócio, por isso, a presença de um Investidor Anjo foi determinante para o sucesso da startup. Sem ele não haveria o aporte inicial e know-how para a empresa sair do papel”, garante.

10 DICAS PARA MONTAR UM MODELO DE NEGÓCIO E APRESENTAR AOS INVESTIDORES ANJO

1. Procure o investidor que melhor se encaixa no setor em que você atua
2. Prepare-se para falar com dezenas de pessoas e receber um não como resposta
3. Encontre um modelo de negócio, e não plano de negócio – que tenha potencial de crescer muito
4. Cause uma ótima primeira impressão
5. Certifique-se que existem clientes, de preferência empresas, dispostas a pagar por seu produto/serviço
6. De preferência, já obtenha uma receita mínima com o produto antes de conversar com o anjo
7. Procure um advogado com experiência nesse tipo de projeto, para defender o seu lado da negociação
8. Esteja disposto a sacrifícios pessoais até que a empresa seja lucrativa e estável
9. Prepare um protótipo do produto para demonstrar seu funcionamento
10. Tenha brilho nos olhos

CARACTERÍSTICAS DE UMA STARTUP

• Trabalham em um cenário de incerteza: não há como afirmar se aquela ideia e projeto irão realmente dar certo ou, ao menos, se provam sustentáveis
• São repetíveis: significa que são capazes de entregar o mesmo produto novamente em escala potencialmente ilimitada, sem muitas customizações ou adaptações para cada cliente. Isso pode ser feito tanto ao vender a mesma unidade do produto várias vezes, ou tendo-os sempre disponíveis, independente da demanda
• Ser escalável é a chave de uma startup: significa crescer cada vez mais, sem que isso influencie no modelo de negócios. Crescer em receita, mas com custos crescendo bem mais lentamente. Isso fará com que a margem seja cada vez maior, acumulando lucros e gerando cada vez mais riqueza

FONTE: SEBRAE SANTA CATARINA | STARTUP SC – DESENVOLVIMENTO E FORTALECIMENTO DAS STARTUPS CATARINENSES.

“Um Investidor Anjo é muito importante para você provar o seu modelo de negócio e valorizar o projeto para grandes fundos que possam alavancar o projeto [...]”
MAYURA OKURA, DA B2BLUE.COM

O empresário nos conta que encontrou o investidor ideal para o seu projeto através do relacionamento de mercado e que está muito satisfeito com a parceria. “O resultado disso tudo é que hoje a Webfones é uma empresa em crescimento contínuo e que traz cada vez mais novidades a preços competitivos para o consumidor. Além de ter um atendimento diferenciado e personalizado, buscando sempre a satisfação do consumidor final para o sucesso. Mas, para tudo isso dar certo, é preciso avaliar e conhecer muito bem o ramo de atuação, desde o seu consumidor final até os fornecedores de um modo geral. É também fundamental acreditar na ideia e arriscar com responsabilidade”, acrescenta.

Já a B2Blue.com – plataforma on-line que viabiliza a destinação de resíduos sólidos gerados pelas empresas e indústrias foi desenvolvida a partir de um projeto que estava na gaveta desde o início da faculdade da sua fundadora, Mayura Okura, formada em gestão ambiental pela Universidade de São Paulo.

Segundo ela, além de muitos estudos e pesquisas sobre a viabilização do projeto, a presença de um Investidor Anjo também foi imprescindível para o sucesso da startup. “Um Investidor Anjo é muito importante para você provar o seu modelo de negócio e valorizar o projeto para grandes fundos que possam alavancar o projeto. Foi visitando eventos de startups que encontrei o Investidor Anjo ideal para o meu negócio. Aqui na B2Blue sua atuação é bastante informal, não cobra metas e nem tem contratos abusivos, simplesmente acredita na ideia, na equipe e ajuda a acontecer com os seus contatos - faz parte da equipe como um anjo mesmo”, ressalta Okura.

Aos futuros empresários, ela deixa o seu legado. “Relacionamento é tudo e o mundo dá voltas, por isso, jamais descarte as opções, mesmo que alguns investidores apresentem propostas ‘ofensivas’, para diminuir o valor do projeto. Além disso, nunca peça mais dinheiro do que realmente precisa para provar que o seu negócio é escalável. Isso influencia no equity da empresa, que, se mal negociado, não terá valor nenhum”, dá a dica a jovem empresária Mayura Okura.

COMO MONTAR UMA PROPOSTA DE VALOR?
Para o empreendedor não basta ter uma boa ideia, é preciso planejar e elaborar uma boa apresentação do projeto para surpreender e conquistar um Investidor Anjo. Mas, é preciso entender outros aspectos não menos importantes dessa negociação. “Obviamente uma boa apresentação tem que vender muito bem o negócio, explicando seu potencial de crescimento, seus diferenciais, a visão de futuro da empresa e a equipe. Mas, além disso, é fundamental que o empreendedor diga quanto dinheiro está procurando, quanto de participação espera abrir mão em troca desse dinheiro, e qual uso fará com ele. Especialmente nesse último ponto, é fundamental que o empreendedor se planeje para usar a maior parte do dinheiro em esforços de venda e de melhoria do produto e da operação de entrega desse produto ou serviço. Se planejar em uma fase tão inicial do negócio para gastar muito dinheiro com custo fixo e outros gastos administrativos ou de suporte, não só é uma má ideia para o negócio, mas, com certeza, também afugentará muito rápido o investidor”, ressalta o executivo da Endeavor.

PÁGINAS :: << Anterior | 1 | 2 | 3 | 4 | Próxima >>
 
 
Matérias Relacionadas
     
 
Carreira & Negócios :: Reportagens :: ed 63 - 2014
Foco
 
Carreira & Negócios :: Reportagens :: ed 63 - 2014
Serviços de excelência na Copa do Mundo no Brasil
 
Carreira & Negócios :: Reportagens :: ed 63 - 2014
Gestores de empresas familiares brasileiras devem viajar para o exterior
 
     

 
Edição 63 | EXPEDIENTE
Assine Agora
Anteriores
 
Newsletter
 
Receba Gestão & Negócios em primeira mão!
Cadastrar
 
+ Lidas

Carreira & Negócios :: Reportagens :: ed 47 - 2012
O valor do bom gestor


Carreira & Negócios :: Reportagens :: ed 29 - 2011
Como obter capital para abrir seu negócio?


Carreira & Negócios :: Reportagens :: ed 18 - 2010
Hoje a festa é deles


Carreira & Negócios :: Reportagens :: ed 48 - 2012
Contratação virtual


 

Feiras e Eventos

19/08/2010
Hospedagem


19/08/2010
Curso


19/08/2010
Programa de Trainee


 
 
Assine Carreira & Negócios
 
Exclusivo na revista
     
  Negócio acessível para todos
Franqueadoras investem em serviços para pessoas portadoras de deficiência e conquistam espaço com uma receita básica: o respeito e a dedicação aos clientes

 
  Um novo caminho
Cursos oferecem conteúdos customizados e propiciam ganhos estratégicos, de produtividade e competitividade no mercado


 
Faça já a sua assinatura!


Visão Jurídica
O Direito de forma ampla e atual.

Assine!Outras ofertas!


Gestão & Negócios
Para vencer na vida pessoal e profissional.


Assine!
Outras ofertas!

Leituras da Histria

Fatos e personalidades que deixaram suas marcas.

Assine!
Outras ofertas!

Raça Brasil
Diversidade é o Brasil de verdade.


Assine!
Outras ofertas!
  ContentStuff - Sistema de Gerenciamento de Conteúdo - CMS